31 março, 2016
3

Como saber se um alicate foi realmente esterilizado? Veja aqui!

Alicates podem ser fontes de contágio de doenças transmitidas através de vírus, bactérias e fungos. Um alicate que não foi esterilizado de maneira correta pode transmitir os vírus da hepatite B e C e o vírus do HIV. A hepatite C é uma doença viral silenciosa que pode se manifestar anos depois da contaminação e, devido a isso, muitas mulheres não sabem se estão ou não infectadas.

Hoje fui num salão fazer as unhas e a pessoas que me atendeu me ensinou como conferir se os alicates estão sendo corretamente esterilizados, achei muito interessante, pois sempre quando vamos num salão e perguntamos, a resposta da manicure será sempre que sim, que foi! Só que sempre fica a dúvida….será que foi mesmo?

Vejam abaixo 3 dicas para conseguir checar esta questão.

Na foto abaixo, existem dois pacotes, o que foi esterilizado e o outro não. Geralmente o que já foi fica mais gasto, cara de menos novo mesmo, vejam abaixo que o de cima já foi e o de baixo ainda não!

alicate

Abaixo, outra dica, esta fica super evidente!!! Na embalagem de cima onde tem a flecha preta, mostra uma marca preta onde mostra que já foi esterilizado, até a frase do lado fala que se está marrom é porque já foi esterilizado!!!  Onde existe uma marca vermelha, mostra justamente que ainda não foi.

alicate4

E o detalhe mais importante: quando a manicure for abrir a embalagem para tirar o alicate de dentro, ela tem que rasgar a mesma no meio, tipo estragando mesmo a embalagem para que ela seja jogada fora depois!!! Ela NÃO deve abrir a embalagem já esterilizado pela abertura onde tem a cola, de uma forma que ela possa enfiar outro alicate dentro e vedá-la novamente!!!

alicate2

Acho que desta forma dá para ficarmos um pouco mais tranquilas, não?! Eu sou super encanada com isso!

4

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 Comentário:Como saber se um alicate foi realmente esterilizado? Veja aqui!

  1. Alissandra

    Sinto dizer, mas estes indicadores não são confiáveis. Infelizmente, só testes bacteriológicos podem realmente avaliar se houve esterilização do material.
    As cores na embalagem ficam alteradas com mero aumento de temperatura, o que não garante a esterilização, pois pode a temperatura e apressai da autoclave não terem chegado a níveis suficientes pelo tempo necessário para matar as bactérias.

    • Camilinha

      Oi Alissandra, como vai? Concordo com a sua opinião. Acho que esta é uma forma de ter uma segurança a mais sobre a esterilização, mas ainda dependemos da idoneidade das manicures! bjos!!!

  2. Nanda

    Muito Boa a matéria. Parabéns.
    Os comentários abaixo são muito válidos.
    Devo acrescentar que é correto a profissional anotar a data que o instrumento passou pelo autoclave. Se ultrapassar 7 dias o processo deve ser refeito. Por isso nem sempre procurar preço é uma boa opção. O melhor é confiar na idoneidade do local e do profissional.
    Abs